A Prusa Research acaba de lançar a versão 1.36.2, a mais recente do seu software de impressão 3D Slic3r Prusa Edition. O principal novo recurso da ferramenta 3D? Configurações melhoradas para a impressão com suportes solúveis em água na impressora 3D modelo Prusa i3 MK2 MultiMaterial.

Joseph Průša, fundador e CEO da Prusa3D, detalhou em um post recente da empresa como o novo recurso de software pode ajudar os usuários a imprimir com suporte sem esforço, e sem ter que se preocupar com o pós-processamento da peça, usando a impressora 3D Prusa i3 MK2 MultiMaterial.

Agora existem 3 maneiras de imprimir suportes: o método básico, que usa o padrão de filamento para imprimir suportes; usar suportes solúveis em água na impressão total; ou usar suportes solúveis em água apenas nas camadas de interface da impressão. Todas as três são demonstradas no vídeo abaixo:

O método básico, que a maioria dos usuários conhece, usa o padrão de filamento não solúvel como material de suporte. Este método, embora não dê os melhores resultados em termos de qualidade de acabamento para a superfície suportada, é o menos oneroso. Também requer pós-processamento manual (ou seja, cortar e lixar os suportes manualmente).

O segundo método usa um filamento solúvel em água para imprimir os suportes completos da peça a ser impressa. Depois de testar uma série de diferentes materiais de suporte solúveis em água, a Prusa3D descobriu que o BVOH da Verbatim e o PVA da Primaselect eram os mais adequados para a impressora 3D multi-material da marca de mesmo nome.

suporte-prusa1suporte-prusa2
Na demonstração ilustrada acima, o BVOH foi usado para imprimir a estrutura de suporte para impressão da peça toda. Para obter os melhores resultados, a Prusa3D sugere colocar o material de suporte no extrusor 4 e aplicar as configurações de impressão “normal soluble full“.

Os resultados deste método foram: uma excelente qualidade de acabamento de superfície no lado que contou com o suporte – como o suporte simplesmente se desintegra na água, não chega a afetar em nada o resultado final da impressão. O único inconveniente é que o uso do BVOH ou outro material de suporte solúvel pode ser muito mais caro do que um PLA padrão.

Finalmente, o terceiro método oferece o “melhor dos dois mundos”, pois combina impressão de suporte básico com materiais solúveis em água. Esse método consiste em usar suportes solúveis em água apenas para as camadas de interface da impressão e filamento regular para o restante dos suportes. Em outras palavras, o recurso permite que os usuários se beneficiem da remoção fácil e da boa qualidade de superfície oferecida por suportes solúveis em água, mas reduz os custos usando filamento barato na maior parte do projeto.

suporte-prusa3 suporte-prusa4

“Isso, porém, não pode ser usado em objetos com geometrias internas inacessíveis, pois as partes de suporte insolúveis permanecerão presas”, adverte Průša. Para este método, o material solúvel em água ainda deve ser colocado na extrusora 4 e ser usado com as configurações de impressão da “normal soluble interface”.

Ambos os suportes solúveis em água recomendados pela Prusa3D para a impressora 3D multi-material estão disponíveis em sua loja na web. Vale lembrar que, quando adquiridos, devem ser armazenados em uma bolsa de plástico selada com dessecante para evitar qualquer contato com a umidade do ar.

Fonte: 3ders.org

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *