anuncie

[:pb]A GE Additive acaba de assinar um acordo de parceria com a empresa de tecnologia médica Stryker, com sede em Michigan, para apoiar e ajudar a acelerar a adoção deste tipo de fabricação aditiva. A parceria foi anunciada durante o Minds + Machines da GE em Berlim, na Alemanha, evento industrial focado em software, inovação e resultados digitais.


Como parte do acordo, as operações da cadeia de suprimentos global da Stryker se beneficiarão de novos sistemas de impressão 3D, bem como de materiais e serviços. Claro, esta não é a primeira vez que a Stryker faz parceria com tecnologias de impressão 3D, já que a fabricante de equipamentos médicos tem sido uma proponente da manufatura aditiva desde 2001, quando começou a investir na tecnologia.

Por exemplo, a Stryker já investiu em sistemas de impressão 3D da Concept Laser e da Arcam, e fez parcerias com universidades na Irlanda e no Reino Unido para avançar na impressão 3D industrial para aplicações na área da saúde. A Stryker até lançou um hub de manufatura aditiva como parte de seu centro global de desenvolvimento de tecnologia em Carrigtohill, County Cork, na Irlanda.

tritanium

“A GE e a Stryker compartilham uma visão semelhante, sendo que ambas entendem o poder transformador do design e da manufatura aditiva”, disse Mohammad Ehteshami, VP da GE Additive. “Nós consideramos a Stryker como um dos partners mais experientes em manufatura aditiva de metais, com uma variedade de produtos médicos comercializados. Continuaremos a inovar com novos produtos, materiais e tecnologias de aditivas, que irão apoiar o crescimento deles”.

No ano passado, a Stryker anunciou que recebeu a aprovação da FDA por uma prótese lombar posterior de Tritanium PL impressa em 3D. (Tritanium é um material à base de titânio adaptado especificamente para o crescimento ósseo e a fixação biológica na coluna vertebral).

A GE Additive, divisão de manufatura aditiva da GE criada em 2016, é fornecedora de sistemas, materiais e serviços de impressão 3D para empresas em todo o mundo. O escopo da empresa é bem amplo: no último ano, formou parcerias com a Mubadala e com a Dubai Future Foundation para construir as primeiras “microfactories” de impressão 3D dos Emirados Árabes Unidos, e anunciou planos de estabelecer um novo Customer Experience Center em Pittsburgh, além da distribuição de mais de 400 impressoras 3D para escolas como parte de seu “Additive Education Program”.

Fonte: 3ders.org
[:]

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário
Por favor informe seu nome