anuncie

Imagine uma máquina 3D para a construção civil capaz de reduzir em até 35% os custos da fabricação convencional, e de quebra imprimir a estrutura e divisórias interiores de uma casa de 70m² em menos de 24 horas. A Be More 3D não é exclusiva no ramo, mas certamente é a primeira impressora de concreto a ser desenvolvida na Espanha. Começou como um projeto de estudantes de engenharia da Universidade Politécnica de Valência, e tem evoluído, como startup, para um dos projetos de impressora de concreto mais rápidos e eficientes já construídos:

O co-fundador da Be More 3D, Vicente Ramirez, afirmou ao DailyMail Online: “Esse processo nos permite reduzir os custos da construção de casas em até 35%, além de economizar muito tempo e minimizar riscos de poluição e de mão-de-obra causados pela construção”, declarou. “Construir uma casa de 24m² é algo que pode ser feito em até 8 horas, bastando para isso aumentar a velocidade da máquina”. Ramires também revelou que sua equipe tem trabalhado atualmente para incorporar vários andares às suas casas impressas em 3D.

O preço final de uma casinha impressa em 3D, no entanto, ainda é bastante proibitivo para a maioria das pessoas: algo em torno de R$ 220 mil (ou £ 44,000). Mas a tecnologia desenvolvida pela Be More 3D e outras startups do segmento certamente acena para um futuro onde o valor dos projetos envolvendo arquitetura e construção será cada vez mais acessível para todos.

Fonte: DailyMail Online

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário
Por favor informe seu nome