Imagine cortar uma peça em 2D para obter o efeito de um volume 3D? O pensamento do operador realmente precisa ser bem apurado, já que esse é um desafio em tanto quando o assunto é corte a laser. Stefano Leggieri que o diga: artesão de profissão e maker de paixão, Leggieri dá aulas de corte na máquina a laser no Garagem Fab Lab, em São Paulo. “Para obter o efeito 3D no corte a laser, são usadas algumas técnicas conhecidas como patterns, encaixes e camadas”, explica. “Com 20 camadas, por exemplo, é possível obter uma volumetria muito interessante, apesar do ‘desperdício’ de material das partes internas que irão compor o relevo da peça”, comenta Leggieri, que é designer de produto por formação. Com o kerf bending pattern, por exemplo, é possível obter uma curvatura bastante flexível da peça, embora não com tanta resistência.

Já o encaixe, como o próprio nome sugere, permite trabalhar com o encaixe de chapas “em forquilha” para compor estruturas volumétricas (como em um barco a vela, por exemplo). Stefano recomenda recorrer ao site MakerCase para a projeção matemática exata do encaixe de cada peça em uma dada estrutura. Por exemplo, um cubo de 10x10x10 mm (ou uma outra estrutura qualquer). “Em uma cortadora a laser dá para fazer quase tudo”, define o designer. “É só uma questão de saber transportar o pensamento bidimensional para o efeito que se deseja obter em 3D”, conclui.


Quer ter uma ideia prática do que é possível fazer com uma máquina cortadora a laser? Dá só uma olhada nas infinitas possibilidades:

– Maquetes de arquitetura
– Protótipos de produto
– Testes de encaixe (empilhamento)
– Utensílios domésticos diversos (em MDF, acrílico ou tecido)
– Relógios
– Vasos
– Luminárias
– Brinquedos
– Chaveiros
– Acessórios (bolsas, brincos, pulseiras)
– E até mesmo um violão (!) e uma caixa de som em acrílico

Existem muitas outras aplicações práticas para o corte a laser. Se você curte o tema, não perca o vídeo da palestra de Stefano Leggieri no último encontro Expo Maker, realizado no Oficina Fal Lab em parceria com o Garagem Fab Lab:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *